segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Uma Viagem Extraordinária

- Visual realmente impressionante! Que locações são essas na fazenda???? Lindíssimo.

- Filme cheio de ideias criativas, divertidas e excêntricas (tanto no visual, quanto nos diálogos, nas ações, etc). Lembra um pouco o estilo do Wes Anderson, mas melhorado, pois há inteligência nos diálogos, profundidade psicológica, e além disso os personagens e os relacionamentos são gostáveis (o garotinho é inteligente, independente, fofo, etc).

- Detalhe técnico: a legenda em português é muito mal feita e entra em conflito com o 3D do filme.

- Filme sofre do que chamo de Romantismo Reprimido. Basicamente é a história de um menino especial, gênio, que vive uma grande aventura e ganha um prêmio no fim. Virtudes, aventura, triunfo: tudo isso parece ser romântico, no entanto o filme não soa romântico, pois tudo isso é bastante atenuado através da direção, de forma que o filme fica parecendo uma fábula, algo que não existe e não está acontecendo de fato - uma história inspiradora mas que é só de "brincadeirinha". Não é realista e nem tenta parecer.

- Viagem de trem linda! O grande mérito do filme é a fotografia em 3D, sem dúvida. Até os vermes na laranja parecem lindos.

- Elenco do filme é bom: Judy Davis, Helena Bonham-Carter. Divertida a relação da Judy Davis com o garoto e a forma como ela o acolhe.

- SPOILER: A história da morte do irmão parece algo desencaixado do filme, que não tem a ver com o tema e a história - apenas algo acrescentado pra tentar dar mais carga dramática ao filme.

- SPOILER: O final é um pouco estranho e anticlimático: a entrevista dele pra TV quase vira um fiasco, depois a Judy Davis, que era adorável, xinga o menino de "motherf..." (isso combina com o Romantismo Reprimido do filme: "sujar" o final um pouco pra ele não se tornar tão satisfatório).

CONCLUSÃO: Filme simpático, com personagens gostáveis, ideias criativas, mas que se destaca principalmente pelo visual.

(L'Extravagant voyage du jeune et prodigieux T.S. Spivet / França, Austrália, Canadá / 2013 / Jean-Pierre Jeunet)

FILMES PARECIDOS: Moonrise Kingdom, Tão Forte e Tão Perto, Viagem a Darjeeling, O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.

NOTA: 7.5

Nenhum comentário: